Servidor dedicado (VM) por US$5 ao mês!
Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)... Olá DigitalOcean!

Faça uma recarga de celular e ganhe R$10 de volta!

Archive for dezembro, 2010

Suas senhas são seguras?

No ano passado, o site RockYou.com teve uma falha de segurança que resultou na liberação de 32 milhões de senhas de usuários. A partir daí, uma empresa de segurança chamada Imperva fez um estudo sobre as senhas que os usuários escolhiam.

Constatou-se o que já era esperado: mais de 60% dos usuários tinham senhas com seis caracteres ou menos. Além de usarem um conjunto bem limitados de caracteres alfanuméricos (letras e números). Disparada na frente, a senha mais comum era a famosa 123456.

Veja a tabela abaixo:

Por essa tabela já dá pra ter uma idéia de como a coisa tá feia. Lembrando que o idioma principal do site é inglês, então aí no meio dá pra ver que muitas senhas são nomes de pessoas (Nicole, Michael etc.).

E as suas senhas? Como você escolhe?

A Imperva deu umas dicas pra que você consiga escolher melhor suas senhas:

Escolha uma senha difícil para serviços que possuem informações importantes sobre você, como o seu e-mail, por exemplo. Transformar uma frase em uma senha é uma boa dica. Por exemplo: “É um péssimo cozinheiro aquele que não pode lamber os próprios dedos” poderia ser transformado em eupcaqnplopd. Essa é uma senha bem difícil. Mas é fácil de lembrar, porque é só lembrar da frase. Você ainda pode adicionar um número que faça sentido pra você no final da senha: “eupcaqnplopd44”.
Use senhas diferentes para todos, ou pelo menos a maioria dos serviços. Se você não consegue lembrar com facilidade, pode anotar a frase em um pedaço de papel e guardar na carteira.
Nunca confie suas senhas a terceiros, ou seja, nunca guarde suas senhas na sua conta de e-mail!

Veja aqui o relatório completo da Imperva (em inglês)

Fonte: http://www.tomshardware.com/news/imperva-rockyou-most-common-passwords,9486.html


Hashes MD5 (MD5SUM) do Ubuntu 10.04, 10.04.1 LTS e 10.10

Assim que baixamos um arquivo ISO qualquer é interessante que, antes de gravarmos em CD, confiramos se o arquivo não foi corrompido durante o download. Para que isso seja possível, geralmente o fornecedor do software libera os hashes md5 das suas ISOS. Com o Ubuntu não seria diferente.

Essas hashes estão disponíveis no próprio site do Ubuntu através dos links:

Para lhe economizar um ou dois cliques, vou colar as hashes aqui abaixo:

Ubuntu 10.04 e 10.04.1 LTS

0b0e0d36050d9980ec995262eb9f2e6b *ubuntu-10.04-netbook-armel+dove.img
9e0d6ac7b69bb7912d49369a6807e39d *ubuntu-10.04-netbook-armel+imx51.img
712277c7868ab374c4d3c73cff1d95cb *ubuntu-10.04-netbook-i386.iso
f3da7da6931e3160738b3067d79e346a *ubuntu-10.04.1-alternate-amd64.iso
1c77abb717e7c1ad28611fd81510c758 *ubuntu-10.04.1-alternate-i386.iso
b4faa186c2419dc26e522e5f82e268a1 *ubuntu-10.04.1-desktop-amd64.iso
9a95ed6f6ec38fb58c446dba1add6a08 *ubuntu-10.04.1-desktop-i386.iso
142aaaa77e7da94ae62d7ee2f39d8b3b *ubuntu-10.04.1-server-amd64.iso
01f72c846845e4e19aec8a45912e5dda *ubuntu-10.04.1-server-i386.iso
5c976b1d655b10df3b10811e77b09a25 *wubi.exe

Ubuntu 10.10

a8d8e24bf8b82b4302d074fcac380d65 *ubuntu-10.10-alternate-amd64.iso
419ad8ee1bb76a49490f4a08b5be43f0 *ubuntu-10.10-alternate-i386.iso
1b9df87e588451d2ca4643a036020410 *ubuntu-10.10-desktop-amd64.iso
59d15a16ce90c8ee97fa7c211b7673a8 *ubuntu-10.10-desktop-i386.iso
6877bf8d673b87ba9500b0ff879091d0 *ubuntu-10.10-netbook-i386.iso
ab66a1d59a8d78e9ea8ef9b021d6574a *ubuntu-10.10-server-amd64.iso
ce1cee108de737d7492e37069eed538e *ubuntu-10.10-server-i386.iso
d1db1f93bb7486593b7d1ea023c0e3f8 *wubi.exe

Alterar valores em um ArrayList em Java

Vou dar um exemplo que mostra uma forma simples de alterar os valores em um ArrayList em Java.

A primeira esturutra tem três índices, com os valores “One”, “Two” e “Three”.

Na segunda esses valores são modificados para “Um”, “Dois” e “Três”.

import java.util.ArrayList;

public class changeArrayList {
 
 public static void main(String[] a) {
 
 ArrayList<String> nums = new ArrayList<String>();
 nums.clear();
 nums.add("One");
 nums.add("Two");
 nums.add("Three");

 System.out.println(nums);
 
 nums.set(0, "Um");
 nums.set(1, "Dois");
 nums.set(2, "Três");
 
 System.out.println(nums);
 
 }

}

Hospedagem de Repositórios do Subversion – SVN – e Git Grátis

Eu estava procurando um lugar confiável e grátis para hospedar repositórios SVN e Git, e finalmente achei. O Assembla é um dos maiores provedores desse serviço, mas nos últimos meses parou de oferecer os planos gratuitos para novos usuários. Agora eles voltaram atrás.

São 2GB de espaço, repositórios ilimitados, usuários ilimitados para projetos proprietários ou open-source.

Eles também dispõem de planos pagos, que oferecem outros recursos. Mas se você quer só os repositórios SVN ou Git, é grátis! 🙂

Veja aqui:
http://www.assembla.com/catalog/49-free-private-subversion-repository–package

A aqui veja a comparação entre os planos pagos:
http://www.assembla.com/features/compare?locale=en


Wikileaks agora é hospedado em abrigo anti-nuclear. Veja fotos.

Depois de ter sido tirado no ar por recomendação do governo americano, quando era hospedado no provedor Amazon, o Wikileaks se mudou para dois outros provedores. Um deles costumava ser um abrigo anti-nuclear. O abrigo suporta até o ataque de uma bomba de hidrogênio. O datacenter se chama Bahnhof e é conhecido por ser muito comprometido com a liberdade de expressão, e inclusive já foi processado por supostamente abrigar conteúdo pirata.

O provedor é situado a 30 metros da superfície em um bloco de granito, na cidade de Estocolmo, Suécia. Possui paredes de 30cm. Como se não fosse o suficiente, possui um gerador reserva que costumava ser um motor a diesel de um submarino, que produz 1.5MW de energia. Essa quantidade de energia também é gasta no resfriamento dos servidores. O acesso à internet é feito por três links diferentes, por três caminhos diferentes pela montanha. O que faz do data-center um dos lugares mais bem conectados à internet.

Além da estrutura física, o ambiente de trabalho também foi pensado com carinho. Existem até luz do dia simulada e estufas para trazer um pouco de verde ao subsolo sueco. Você pode ter mais detalhes nos dois links abaixo (em inglês):

Clique aqui e veja algumas das fotos acima em alta resolução no site do data center


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress