Ganhe R$20 de desconto na primeira corrida com a 99Taxi!

Notícias

Broadcom entra na Linux Foundation

Foi muito bom quando a Broadcom, em setembro, liberou alguns drivers totalmente open-source e compatíveis com Linux para vários de seus modelos de chipsets wireless 802.11n. Agora parece que a empresa planeja trazer uma novidade ainda maior.

A empresa irá levar o suporte a Linux mais a sério, entrando na Linux Foundation, com planos de extender seu desenvolvimento aberto e colaboração com a comunidade Linux. Mas isso só será anunciado oficialmente na segunda-feira.

“Não há dúvidas: o Linux tem se tornado uma grande plataforma para tecnologias e dispositivos de comunicação,” disse Michael Hurlston, vice-presidente senior e gerente geral do setor de dispositivos wireless da Broadcom. “Nossa decisão de abrir o código dos chipsets Broadcom 802.11 é uma resposta ao número crescente de clientes que utilizam Linux, e esperameos que seja uma das várias histórias de sucesso do desenvolvimento aberto.”

Historicamente, comunicações wireless eram problemáticas para alguns usuários de Linux, incluindo aqueles que possuem notebooks e netbooks com chipsets Broadcom, que normalmente usavam drivers proprietários e não funcionavam muito bem com o Linux.

Alguns concorrentes, como Atheros e Intel começaram a dar suporte a Linux nativamente antes da Broadcom, mas mesmo assim, a atitude da empresa veio em boa hora. O novo driver, quando lançado, foi integrado ao Kernal 2.6.37, onde pode ser ativamente melhorado pela comunidade Linux. Esse é o Kernel que foi liberado na última versão (10.10) do Ubuntu, ou Maverick Meerkat.

A entrada da Broadcom na Linux Foundation é uma das grandes adições à fundação nos últimos meses. Antes disso, outras empresas importantes fizeram o mesmo. Entre elas, a China Mobile – maior empresa de telefonia celular do mundo, seguida pela Huawei e Mentor Graphics.

Fonte: Yahoo! News


Game Over no caso da Atari contra o RapidShare

Assim como várias empresas fizeram antes, a Atari acusou o site de compartilhamento RapidShare de não fazer o suficiente para impedir que o jogo Alone in the Dark se espalhasse pela internet através dos seus servidores. O Tribual de Düsseldorf decidiu a favor do RapidShare no caso.

Constava em uma declaração: “O Tribunal Superior Regional de Düsseldorf entendeu os esforços do RapidShare contra a distribuição de material protegido por copyright e julgou que os argumentos utilizados pela Atari não são razoáveis ou são muito pontuais.”

O Tribunal entendeu que aparentemente os pedidos da Atari foram longe demais. Por exemplo: a empresa pedia que o RapidShare apagasse automaticamente todos os arquivos que contivessem certas palavras-chave. O RapidShare alegou que isso os forçaria a apagar vários arquivos legais apenas por ter essas palavras-chave. Também argumentou que se fosse feito manualmente levaria muito tempo, e a côrte concordou.

A advogado e porta-voz do RapidShare, Daniel Raimer, ficou bastante feliz com a decisão e comentou que “a regulamentação demonstrou novamente que o RapidShare está operando legalmente, e tem tomado medidas para evitar o mau uso do seu serviço, que estão além do que é requerido legalmente. Ele está confiante que os detentores de direitos irão gradualmente aceitar essa conclusão.”

Fonte: The Inquirer


Facebook ajuda a polícia a encontrar um ladrão

Ouvimos histórias ruins sobre o Facebook todos os dias, geralmente envolvendo criminosos que coagem usuários a dar informações importantes. O que não era de se esperar é que a rede social poderia ajudar a capturar um ladrão. Nicole Telles, gerente de uma loja no estado de Massachusetts, Estados Unidos, recentemente usou os serviços do site para conseguir encontrar o criminoso.

Ele disse à polícia que um homem foi ao banheiro da loja e roubou uma TV de 27 polegadas que ficava lá. “Os clientes gostavam de assistir TV quando estavam no banheiro”, disse ela. Incrivelmente ele levou a TV escondida embaixo da camisa.

O ladrão foi muito pouco esperto quando pagou sua gasolina usando o cartão de crédito. A partir daí seu nome já era conhecido: Tyler Hurst. Sabendo dessa informação, Nicole foi procurar seu perfil no Facebook. Ele aceitou o pedido na mesma hora, sem mesmo conhecer Nicole.

Quando Tyler aceitou Nicole como amiga no Facebook, ela teve acesso às suas fotos e outras informações pessoais. O chefe dela mandou uma mensagem para ele e pediu pra que ele devolvesse a televisão, e em troca, ele não chamaria a polícia.

Tyler ignorou a mensagem e removeu Nicole da sua lista de amigos. Então ela chamou a polícia e deu as informações, além de várias fotos que ela encontrou no perfil de Tyler. A polícia agora poderia encontrar a pessoa certa, e o ladrão foi preso logo em seguida.

Fonte: PCWorld


Um em cada dez internautas usa o Google Chrome

O número de pessoas que utiliza o Google Chrome cresceu bastante, e às custas do Internet Explorer, da Microsoft, que vem perdendo gradativamente usuários com o passar dos anos. Agora 1 em cada 10 pessoas quase acessam a internet usa o novegador do Google.

Gráfico de Utilização dos Navegadores do Final de 2009 ao Final de 2010

Segundo as estatíticas fornecidas pela Net Applications, a utilização do Google Chrome, que estava em 9.3% em novembro, saltou para 10% em dezembro de 2010. O Chrome é um dos melhores veículos que o Google tem para desenvolver, explorar e promover novos recursos.

O Mozilla Firefox, em segundo lugar, ficou com 22.8% dos usuários. O Safari, da Apple, com foi de 5.6% a 5.9%, e o Opera com 2.2%. O crescimento do Safari, assim como o do Google Chrome, foi às custas do Internet Explorer, que caiu de 58.4% para 57.1%.

Fonte: CNET News


Microsoft apaga acidentalmente e-mails dos usuários do Hotmail

Segundo o jornal australiano Sidney Morning Herald, os usuários do Hotmail já começaram o ano com o pé esquerdo. Foram registradas quase 500 páginas com reclamações de usuários dizendo que seus e-mails sumiram das suas contas.

Muitos usuários também reclamaram de ter todas as suas mensagens da caixa de entrada enviadas para a “lixeira”. A empresa informou que fará o possível para resolver o problema caso a caso, e que parece ser um problema pontual.

Existem ao redor do mundo 360 milhões de contas do Hotmail.


Skype culpa software instável por problema em sua rede

O Skype colocou a culpa dos problemas da semana passada em uma versão instável do seu cliente para Windows. Lars Rabble – do Skype – explicou em seu blog o que causou a queda do serviço na manhã da quarta-feira (22) e manteve muitos clientes offline até o dia seguinte.

No dia 22, alguns servidores que gerenciam as mensagens offline – quando os clientes estão desconectados – ficaram sobrecarregados. Por isso algumas pessoas não conseguiram receber respostas tão rápido quanto de costume. Um bug em uma versão específica do cliente para Windows (5.0.0.152) impediu o processamento dessas respostas atrasadas, causando o travamento do programa.

Já que o Skype é uma rede ponto-a-ponto, ou seja, os computadores se conectam uns aos outros para manter o serviço, qualquer cliente age como um nó para processar o tráfego. Mas os computadores também podem agir comoo supernós, o que ajuda a manter a conexão de vários usuários.

O Skype também pode ser usado em celulares

Até aí nada tão importante para causar a pane geral do sistema. Mas o problema aconteceu porque quase metade dos usuários ao redor do mundo estavam utilizado a versão problemática, o que resultou na queda de 25 a 30% dos supernós, e consequentemente causou sobrecarga nos outros supernós. Apesar das tentativas da equipe do Skype de desativar os servidores sobrecarregados e parar com as requisições dos clientes, a rede completa do Skype caiu e ficou indisponível por cerca de 24 horas.

Agora a empresa está trabalhando em algumas coisas para evitar que isso aconteça novamente. Ela liberou uma atualização para a versão com problemas, mas muitas pessoas não a instalaram. A partir de agora o processo de atualização deverá ser automático, para impedir que isso aconteça. Também serão estudadas maneiras de detectar e resolver os problemas mais rapidamente. Além disso, o sistema utilizado para testes será re-avaliado para a melhor detecção de bugs que possam derrubar o sistema por completo.

Fonte: Skype blames recent outage on buggy software


Governo russo vai migrar para Software Livre até 2015

Vladimir Putin, primeiro-ministro da Rússia

O primeiro-ministro russo Vladimir Putin assinou uma lei que regulamenta a transição dos órgãos e agências federais para software livre, incluindo o Linux, até 2015. O documento de 25 pontos informa quais serão os passos a serem tomados para que a transição de software proprietário para software livre e/ou open-source seja possível. O documento foi aprovado no dia 17 de dezembro e também aponta qual o resultado esperado com a nova lei.

Também ficou determinado que o Governo Federal da Rússia deverá manter um repositório único de software livre para ser usado junto aos órgãos do poder executivo.

A Rússia vem migrando para software livre nos últimos anos. Em 2008, o governo decretou que as escolas implementasse software livre em todos os seus computadores. As escolas que decidirem usar software proprietário deverão pagar do seu próprio bolso.

Fonte: http://mashable.com/2010/12/27/vladimir-putin-free-software-by-2015/


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress