Servidor dedicado (VM) por US$5 ao mês!
Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)... Olá DigitalOcean!

Faça uma recarga de celular e ganhe R$10 de volta!

Tag: android

Como saber se um site está adaptado a dispositivos móveis?

Você fez um site ou sistema voltado para dispositivos móveis, como o celulares e tablets, e gostaria de saber se a visualização e carregamento dele ficou adequada? Nem sempre temos vários celulares à mão pra sair testando, então seria interessante se houvesse algum serviço que fizesse isso por nós, certo?

Para sua felicidade, esse serviço já existe. Chama-se mobiReady.

Acesse o site e digite o endereço que quer testar. Lá ele vai dizer o tempo de carregamento médio utilizando 3G, Wi-FI e GPRS, o tamanho em KiloBytes (KB), além de possuir um simulador que exibe a provável visualização em alguns modelos de celular.

Acesse agora o mobiReady e teste o que quizer! De graça! 🙂


Como deixar seu blog WordPress adaptado aos dispositivos móveis

Sentindo a necessidade de adaptar meu blog a celulares e outros dispositivos móveis, fui pesquisar como fazer isso no WordPress. Achei um plugin: WordPress Mobile Pack.

Em sua configuração padrão, ele detecta que o site está sendo aberto por um dispositivo móvel, e exibe a lista de posts com um resumo, ao invés do texto completo. Também separa textos grandes em páginas para facilitar a visualização. Além disso, reduz o tamanho das imagens, para facilitar o carregamento.

Para instalar, acesse o menu Plugins, Adicionar Novo e pesquise por WordPress Mobile Pack. Assim que encontrá-lo, baixe, ative e pronto. Não é necessário fazer mais nada!

Todas as configurações podem ser alteradas nos menus Moble Theme, Mobile Widgets, Mobile Switcher, em Aparência.

Depois de instalar, clique aqui e veja como testar se tudo está funcionando bem.


Como gerenciar seu tempo com o Hamster e o Toggl

Gerenciar e organizar seu tempo e suas atividades é uma dificuldade pra muita gente. Se você é freelancer, por exemplo, você tem que saber – ou pelo menos ter uma ideia – de quanto tempo leva para desenvolver uma atividade específica. Se você é webdesigner, quanto tempo leva para desenvolver um layout? Se você é programador, quanto tempo leva para fazer um CRUD simples?

É extremamente importante saber isso, porque é através dessas informações que você terá noção da sua produtividade, e do valor que deve cobrar por hora, caso seja freelancer. Se você tem problemas com isso, vou recomendar dois softwares que podem te ajudar. Não é necessário usar os dois, pois desempenham tarefas semelhantes. Você pode escolher um dos dois.

Toggl

O Toggle é um gestor de tempo online

Com o Toggl, que tem planos gratuitos e pagos, você pode se cadastrar (também pode usar sua conta do Google) e depois de logado, cadastra suas atividades e projetos. A partir do momento que uma atividade é cadastrada, você pode usar o cronômetro para começar a marcar o tempo que você gasta naquela atividade. Você pode parar o contador e continuar a atividade mais tarde. Basta colocar o mesmo nome.

Em Settings é possível criar projetos, alterar dados da conta, entre outros. Também está disponível uma tela (Reports) onde você visualizar gráficos e outras informações para quantas horas e minutos gastou naquela determinada atividade ou num projeto.

Como se não bastasse, também estão disponíveis versões para Windows, Linux, Android e iPhone, mas é necessário ter acesso à internet. Ainda é possível adicionar um Gadget no Gmail – caso você utilize esse serviço de e-mail. Com isso você pode registrar melhor suas tarefas.

Hamster

Hamster - Gnome

O Hamster é um gestor de tempo para o Gnome

O Hamster é um gestor de tempo para a o Gnome, que é a interface gráfica do Ubuntu, do Fedora e de várias distribuições Linux. Possui funcionalidades semelhantes ao Toggle, mas não necessita de conexão à internet para funcionar. O Hamster é gratuito e é possível gerar relatórios em PDF com suas atividades.

Mas ele tem um recurso interessante, que não existe no Toggle: quando você se afasta do computador (ou para de digitar e usar o mouse), o Hamster para de contar o tempo. Essa opção pode ser habilitada ou não, de acordo com sua necessidade. Para instalar o Hamster no Ubuntu, clique aqui.

E qual dos dois devo usar?

É claro que essa questão é bastante pessoal, e tem vários motivos para usar um ou outro. Eu pessoalmente gostei mais do Toggl por ser possível utilizar de qualquer máquina sem precisar instalar nada. Se você trabalha com mais de um compoutador, pode ser interessante. Outra vantagem do Toggl é a questão de backup. Você – teoricamente – não vai precisar fazer backup porque já está tudo online, e o serviço se responsabiliza por isso.

No caso do Hamster, o backup é importante, já que está tudo na sua máquina, e se der algum problema você pode perder todas as informações coletadas. Mas o Hamster tem a vantagem da opção de ficar inativo quando você se ausenta da máquina, além de não precisar de conexão com a internet para funcionar.


O Android 3.0 vai resolver os problemas da Google TV ou é tarde demais?

Favo de mel

"Honeycomb", ou favo-de-mel em inglês, é o codinome da versão 3.0 do Android. Foto original por wildxplorer*.

Ficou claro no dia em que a Google TV foi revelada, que existem grandes ambições em trazer a web para as salas de TV. O Google conseguiu bilhões de dólares arrecadados entre investidores e anunciantes. Muitos elogiaram a empresa por tentar reinventar o futuro da televisão, mas sabiam que ainda tinha muita coisa pra ser feita antes disso acontecer. O site Mashable disse o seguinte em maio:

Como um dos funcionários da Google disse na demonstração, um dos principais aspectos da televisão é que ‘funciona’. Para que a Web TV funcione de verdade – seja da Google ou de outra empresa – ela tem que ser confiável, ter usuabilidade, e ser consistente. Eu não me importo tanto se meu computador começar a ficar instável de repente, mas não penso o mesmo sobre minha televisão. Se isso acontecer, vou culpar a empresa que me fornece TV a Cabo por seu produto cheio de frescuras e com problemas de performance. Se eu tiver que reiniciar meu Sistema de TV porque um vídeo da internet travou, eu não vou ficar muito feliz. Eu também não tenho muito interesse em dar suporte à minha família quando suas TVs pararem de funcionar.

Infelizmente, foi exatamente o que aconteceu. Os testes iniciais foram ruins, principalmente porque o Sistema Operacional parece com uma peça incompleta de software. Dá pra usar, mas é complicada e não é intuitiva. Em outras palavras, eles lançaram um produto inacabado e agora a Google está tentando consertar o estrago e impedir que o projeto imploda.

Será que é tarde demais?

Tela da Google TV

Há rumores de que a Google está tentando consertar os erros cometidos com um upgrade que eles querem lançar em fevereiro. Parte dessas atualizações viriam na versão 3.0 (Honeycomb) do Android. Diferente da versão 2.3, a 3.0 foi projetada para telas grandes. Apesar de ter foco em tablets, vem com os upgrades para a Google TV.

Não dá pra ter certeza se o Android 3.0 vai resolver os problemas da Google TV, mas é esperado que venha com uma interface mais simples e melhore a qualidade de buscas de vídeo. É relativamente certo que essas melhorias virão na nova Google TV. Mas será suficiente? Os principais problemas da TV são falta de velocidade, fluidez e intuitividade do software.

Será que a Google conseguirá transformar a TV suficiente pra começar?

Fonte: http://mashable.com/2010/12/27/is-android-3-0-the-answer-to-google-tvs-problems-or-is-it-already-too-late-op-ed/

* http://www.flickr.com/photos/krayker/2268587409/


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress