Ganhe R$20 de desconto na primeira corrida com a 99Taxi!

Tag: debian

Montando Automaticamente Partições NTFS no Linux Debian Lenny

O Debian Lenny (5.0) não monta partições NTFS por padrão. Irei mostrar como fazer isso, e como fazer o sistema montar automaticamente quando é inicializado.

Abra o Terminal (Aplicações -> Acessórios -> Terminal)

digite:

su

Baixe o pacote ntfs-3g:

apt-get install ntfs-3g

Crie o diretório onde a partição será montada:

mkdir /media/windows

Monte a partição

mount -t ntfs-3g /dev/sdaX /media/windows

No caso, sdaX deve ser subtituido pela referência certa à partição que você quer utilizar. Se você não sabe que referência é essa, você pode ver pelo GParted. Caso não tenha instalado, é simples:

apt- get install gparted

Depois vá em Sistema -> Administração -> Partition Editor. Lá vai ter os códigos das partições.

Depois que você montou a partição, agora você deve configurar pra que ela seja montada quando o sistema iniciar: Abra o arquivo /etc/fstab:

gedit /etc/fstab

Acrescente a seguinte linha ao final do arquivo:

/dev/sdaX     /media/windows ntfs-3g defaults 0 0

Lembre de substituir o sdaX pelo valor certo.

Pronto! 🙂


Extraindo arquivos RAR no Linux Debian Lenny

Há alguns meses atrás postei como Extrair arquivos RAR no Ubuntu 9.04. Pra fazer isso no Debian Lenny é basicamente a mesma coisa, mas é sempre bom reforçar 😛

Abra o Terminal (Aplicações / Acessórios / Terminal)

Digite:

su

Depois sua senha de root.

Agora digite:

apt-get install rar
apt-get install unrar-free

Pronto 🙂


Instalando o JDownloader no Linux Debian 5.04 (Lenny)

O JDownloader é um software que automatiza o download de arquivos a partir de sites como Rapidshare, Megaupload etc. Com ele, não existe mais a necessidade de ficar esperando um download acabar pra poder começar outro. Muitas vezes ele até digita o código captcha sozinho pra você! 🙂

Bem. Vamos começar então. Antes de tudo se assegure que está com os repositórios atualizados. Veja aqui como fazer isso:

http://blog.tiagopassos.com/2010/12/21/atualizar-repositorios-no-linux-debian-5-04-lenny/

Depois disso, é necessário entrar no Terminal (Aplicações/Acessórios/Terminal). Digite su para logar como root, e depois senha. Será necessário instalar o Java. Para isso você terá que baixar alguns pacotes com as seguintes linhas de comando. É possível baixar todos em um comando só, mas por algum motivo que desconheço deu erro quando fiz isso. Então vamos baixar linha por linha:

apt-get install openjdk-6-jre
apt-get install sun-java6-jre
apt-get install default-jre
apt-get install zenity
apt-get install sun-java6-bin
apt-get install openjdk-6-jre-headless

Se você não estiver com o Java instalado antes de usar o JDownloader pode dar o seguinte erro (ou algo parecido):

Exception in thread "main" java.lang.NoClassDefFoundError:
jd.update.Main   at java.lang.Class.initializeClass
(libgcj.so.90)Caused by: java.lang.ClassNotFoundException:
com.sun.java.swing.plaf.windows.WindowsLookAndFeel
not found in gnu.gcj.runtime.SystemClassLoader
{urls=[file:jdupdate.jar], parent=gnu.gcj.runtime.
ExtensionClassLoader{urls=[], parent=null}}
at java.net.URLClassLoader.findClass(libgcj.so.90)
gnu.gcj.runtime.SystemClassLoader.findClass(libgcj.so.90)
java.lang.ClassLoader.loadClass(libgcj.so.90) at java.lang.
ClassLoader.loadClass(libgcj.so.90)  at java.lang.
Class.forName(libgcj.so.90)at java.lang.Class.
initializeClass(libgcj.so.90)

Depois que o Java estiver instalado, baixe um pacote .deb da última versão do JDownloader no site:

https://launchpad.net/~jd-team/+archive/jdownloader/+packages

Quando o pacote tiver baixado, vá na pasta onde você salvou ele. Se ele estiver em /home/tiagopassos, por exemplo, digite:

cd /home/tiagopassos

Execute o dpkg. LEMBRANDO QUE O NOME DO ARQUIVO DEVERÁ SER O DO ARQUIVO QUE VOCÊ BAIXOU! Veja o exemplo abaixo:

dpkg -i dpkg -i jdownloader_0.1-0jd1~maverick1_all.deb

Pronto! Abra o JDownloader (Aplicações/Internet/JDownloader) e espere baixar todos os arquivos. Tenha paciência, pois pode demorar um pouco. Depois disso ele deve abrir automaticamente 🙂


Por que o Linux Debian vem com o Iceweasel, e não com o Firefox?

Instalei o Debian 5.5 Lenny pela primeira vez e estranhei a falta do Firefox. Procurei por aí e finalmente descobri o que tinha acontecido com o Firefox, que é basicamente padrão na maioria das distribuições Linux.

O Debian é considerado uma das distribuições Linux que levam mais a sério o conceito de Software Livre, o que quer dizer que eles não vão colocar nenhum software que não possam alterar no pacote oficial. Só que a Mozilla Corporation é dona da marca do Firefox. Isso quer dizer que ninguém pode modificar o código e continuar chamando de Firefox. O código pode ser alterado como você quizer, mas a marca continua sendo deles. Isso criou um impasse legal. O Iceweasel na verdade é basicamente um Firefox “rebatizado”. Ele vem em inglês e com a busca do google em inglês. Saiba aqui como modificar para português do Brasil.

O Iceweasel foi incluido nos respositórios oficias do Debian no final de 2006. O nome na verdade é uma piadinha com o nome Firefox (Raposa de Fogo). Iceweasel seria algo como Doninha do Gelo.

O termo Iceweasel apareceu pela primeira vez quando Matt Groening (criador dos Simpsons) atribuiu ficcionalmente a seguinte a seguinte frase a Nietzsche: “Love is a snowmobile racing across the tundra and then suddenly it flips over, pinning you underneath. At night, the ice weasels come.” – Se alguem se arriscar a traduzir, poste nos comentários! 😛

Outros produtos apareceram depois seguindo a mesma lógica:

  • Icedove, um cliente de e-mail baseado no Mozilla Thunderbird;
  • Iceape, um pacote de softwares para internet baseado no Seamonkey. É basicamente um navegador, um cliente de e-mail e um editor de HTML (WYSIWYG);
  • Iceowl, um calendário baseado no Mozilla Sunbird.

Se você instalou o Debian e quer  deixar o Iceweasel em português, clique aqui.


Como deixar o Iceweasel em Português do Brasil no Debian Lenny

Se você instalou o Debian Lenny e não encontrou o Firefox, não se preocupe. Você pode usar o Iceweasel, que o Firefox recompilado e "rebatizado". O problema é que ele vem em inglês, e a busca do Google na barra de ferramentas também busca no Google dos Estados Unidos. É bem simples modificar ele para Português do Brasil.

Se você acabou de instalar o Debian, certifique-se que você já atualizou os repositórios. Feito isso, abra o Terminal (Aplicações, Acessórios, Terminal).

Adquira as permissões de root:
su

Instale o pacote de atualizações do Iceweasel para Português do Brasil.

apt-get install iceweasel-l10n-pt-br

Pronto! Agora é só reiniciar o Iceweasel.


Atualizar repositórios no Linux Debian 5.04 (Lenny)

A princípio o Debian vem apenas com os repositórios de segurança configurados, e talvez seja necessário que você configure manualmente caso queira instalar algum pacote utilizando o apt-get.

Para fazer essa atualização, você tem que modificar o arquivo /etc/apt/sources.list. Pra isso, clique em Aplicações, Acessórios, Terminal. Depois é necessário se tornar root. Então digite:

su

Digite a senha de root, e em seguida edite o arquivo:

gedit /etc/apt/sources.list

Você pode apagar o conteúdo do arquivo, mas é recomendável que você apenas comente (colocando um # na frente de cada linha). Depois preencha o arquivo com as seguintes linhas:

deb http://ftp.br.debian.org/debian lenny main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian lenny main contrib non-free
deb http://security.debian.org lenny/updates main
deb-src http://security.debian.org lenny/updates main

Salve o arquivo, feche o Gedit e volte para o Terminal. Lá digite:

apt-get update

Pronto. Agora você já pode baixar seus pacotes pelo apt-get.


Alterar dono/proprietário de pasta no Linux Debian

O dono da pasta é o único, além do root, que pode – por exemplo – criar e excluir arquivos. Existem pastas que o dono é o root, mas você quer poder acessar com seu usuário normal. É isso que vou explicar aqui. É bem provável que funcione da mesma forma no Ubuntu, mas não cheguei a testar. Quem puder testar, favor colocar nos comentários a resposta! 🙂

Abra o terminal: Aplicações/Acessórios/Terminal

Adquira permissões de root:
su

Depois adicione as permissões à pasta que você quer assim:

chown nome_do_usuario:nome_do_grupo -hR caminho_da_pasta

No meu caso ficou assim:

chown tiagopassos:tiagopassos -hR /var/www

Pronto. Agora você pode acessar a pasta que escolheu com o usuário comum que definiu 🙂


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress