Servidor dedicado (VM) por US$5 ao mês!
Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)... Olá DigitalOcean!

Faça uma recarga de celular e ganhe R$10 de volta!

Tag: técnico

Concurso FCC – TRT-4: Provas e Gabaritos – Tecnologia da Informação (TI)

No dia 13/09/2015 a FCC (Fundação Carlos Chagas) aplicou as provas para o concurso do Tribunal Regional do Trabalho 4ª Região (TRT-4), em Porto Alegre, para cargos de técnico e analista de diferentes áreas. Disponibilizo aqui as provas e gabaritos para os cargos da área de Tecnologia da Informação.

Clique aqui para baixar as provas e gabaritos de analista e técnico de tecnologia da informação.


A pergunta não quer calar: as profissões de TI devem ser regulamentadas?

Saiu no jornal: mais um prédio desabou por conta de uma execução irresponsável da obra. O Engenheiro Civil foi responsabilizado e terá sua licença caçada. Dia vai e dia vem, e o tema sempre acaba voltando: regulamentação das profissões de Tecnologia da Informação. Grande parte do argumento utilizado é que profissões como médico, engenheiro civil e advogado são regulamentadas, então TI também deve ser. Acho a comparação totalmente descabida.

E pra não ficar com muita conversinha, já digo logo que sou totalmente contra a regulamentação da profissão, e só pra deixar claro: eu tenho nível superior na área de TI, então não falo isso por interesse próprio, mas sim porque acho que isso não tem nada a acrescentar à profissão e aos profissionais. Muito menos à sociedade.

É fato que TI vem tomando uma importância cada vez maior, e muitas vezes em áreas vitais da sociedade: vide equipamentos médicos, de controle de tráfego aéreo, de trânsito etc. Mas as três áreas utilizadas na comparação podem estar ligadas DIRETAMENTE à vida ou morte de um indivíduo. Um médico que erra pode matar uma pessoa, um engenheiro também. Um advogado incompetente pode fazer com que uma pessoa passe anos na cadeia.

Outro argumento que utilizam é que o profissional precisa ser valorizado, que qualquer um pode dizer que é programador ou técnico informática e ninguém pode dizer o contrário. Pra esse argumento só tenho uma coisa a dizer: conselho é pra proteger a sociedade. Quem protege o profissional é o sindicato. A classe que utiliza o conselho para proteger o profissional, está fazendo isso errado!

Ainda tem mais um ponto a ser levantado: a tecnologia da informação foi, historicamente, criada por profissionais de outras áreas (de administração a engenharia). E agora, de repente, você quer ignorar essas pessoas e dizer que só quem tem competência para trabalhar na área é quem é formado na área?

É óbvil que existem algumas situações onde um erro de um programador, administrador de redes ou DBA pode causar danos muito grandes, mas são poucas situações onde existe um risco à vida de um indivíduo.

Outro ponto importante é que os três profissionais citados são profissionais liberais, ou seja, na maioria das vezes eles não precisam trabalhar para nenhuma empresa. Agem por conta própria, por isso a necessidade da regulação. É claro que existem profissionais de TI que trabalham de forma autônoma, mas a maioria das funções que exigem grande responsabilidade estão vinculadas a empresas, e são essas empresas que serão responsabilizada caso algo dê errado. É papel dela evitar a contratação de um profissional ruim.

Nunca vi no jornal: DBA esquece de fazer backup e paciente com cancer morre. 😛


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress