Ganhe R$20 de desconto na primeira corrida com a 99Taxi!

Tag: odt

E-book gratuito sobre LibreOffice Calc Avançado

Não é novidade que o LibreOffice vem ganhando cada vez mais espaço, e muitas pessoas que antes só conheciam o Microsoft Office, agora estão começando a experimentar o LibreOffice. Mas apesar de o OpenOffice (antecessor do LibreOffice) já existir há um bom tempo, não há tanto material escrito disponível sobre o assunto, especialmente de uma ferramenta: o LibreOffice Calc, que é equivalente ao Microsoft Excel.

Para suprir o espaço aberto nessa Lacuna, os irmãos Ueritom Ribeiro Borges e Klaibson Natal Ribeiro Borges resolveram escrever o e-book LibreOffice Calc Avançado, que é totalmente gratuito. Os temas abordados no livro são:

1. FUNÇÕES INTERMEDIÁRIAS E AVANÇADAS
1.1 FUNÇÃO SE
1.2 FUNÇÃO CONT.SE
1.3 FUNÇÃO SOMASE
1.4 FUNÇÃO CONT.NÚM
1.5 FUNÇÃO CONT.VALORES
1.6 FUNÇÕES E E OU
1.7. FUNÇÃO PROCV7

2. RECURSOS ADICIONAIS DO CALC
2.1 AUTOFILTRO
2.2 CLASSIFICAR DADOS
2.3 VALIDAÇÃO
2.4 DEFINIR NOMES
2.5 PROTEGER CÉLULAS

3. ASSISTENTE DE DADOS
3.1 TABELA DINÂMICA
3.2 CRIANDO GRÁFICOS A PARTIR DE UMA TABELA DINÂMICA

4. MACROS
4.1 – PROGRAMANDO MACROS E FUNÇÕES
4.2 – CRIANDO FUNÇÕES CALC NO BASIC

Para baixar o e-book, clique aqui.


Governo da Letônia passará a utilizar o Open Document Format (ODF) em seus órgãos

Quarta-feira passada Simon Phipps, antigo responsável pelo programa open-source da Sun, escreveu em seu blog sobre a apresentação numa conferência na Letônia sobre o Open Document Format (ODF). O ODF é formato de livre de texto (equivalente ao DOC, da Microsoft), planilha (equivalente ao XLS) e vários outros. O padrão é utilizado no BrOffice, OpenOffice, LibreOffice etc. Ele conta que o governo da Letônia fez um anúncio oficial de que, de agora em diante, todos os departamentos do Governo da Letônia irão aceitar documentos no formato ODF.

Apesar de ser um país bastante pequeno e não tão influente na economia internacional, essa tendência deve alcançar vários outros países europeus nos próximos anos. O problema de se usar formatos proprietários (como o DOC) para armazenar os documentos oficiais ou de valor histórico é que somente a empresa detentora do formato (no caso, a Microsoft) conhece o processo de armazenamento da informação. Isso quer dizer que, se em 10, 20 ou 50 anos o formato for extinto, por exemplo, toda a informação corre risco de se perder.

Apesar de ser possível – com o BrOffice, OpenOffice e o LibreOffice – abrir arquivos no formato DOC, não existem garantias de que toda a integridade da informação e formatação do documento foi preservada quando o arquivo é aberto por um desses programas. Além disso, traz outro problema: os governos se tornam dependentes de uma tecnologia proprietária quando existe uma tecnologia livre e gratuita equivalente. Muito dinheiro é gasto em licenças desnecessárias.

O formato ODF também pode ser aberto pelos produtos da Microsoft, então uma pessoa que já tenha o Office em seu computador não precisa instalar outro programa, apesar de esses softwares serem gratuitos.

Fonte: The H Open Source


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress