Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)… Olá DigitalOcean!

Principal

Problema ao tocar músicas e vídeos no Linux Mint 13 Maya (Mate): tudo acelerado

Estava com esse problema e como encontrei a solução (que é bem simples) resolvi compartilhar.

Como o Linux Mint 13 Maya é baseado no Ubuntu 12.04, provavelmente a mesma dica irá funcionar no Ubuntu.

No meu caso, o problema estava no driver de áudio. Para resolver, bastou acessar:

  • Menu Principal / Sistema / Preferências / Som

E de lá, na aba Saída (OUTPUT), marcar o driver de áudio interno (ou internal, ou built in), como na imagem abaixo:

 

 

E pronto!

Fonte: http://www.hanckmann.net/?q=high_speed_video_and_no_audio_in_linux


Como apagar todos os arquivos de um tipo (extensão) de uma pasta e suas subpastas no Linux

Se você precisar apagar todos os arquivos com um tipo (extensão) no Linux, tem uma linha de comando que vai te ajudar. É essa:

 

rm -rf `find /diretorio/que/quer/apagar/ -iname "*.extensao"`

Por exemplo:

rm -rf `find /home/tiago/NetBeansProjects/MeuProjeto -iname "*.class"`

A linha acima vai apagar todos os arquivos com extensão .class da pasta /home/tiago/NetBeansProjects/MeuProjeto Simples assim. O procecedimento foi testado no Ubuntu 10.04 LTS Desktop


Coloque seus arquivos pessoais no Google Drive e eles passarão a ser propriedade do Google!

Dessa vez os caras passaram dos limites. A coisa está ficando cada vez mais escancarada.

Acho que muitos já cansaram de ler sobre como o Google não respeita a privacidade dos usuários, de como ele mesmo afirma utilizar as informações das contas de e-mails dos usuários etc, etc, etc. Mas com o lançamento do Google Drive (o novo serviço do Google, similar ao Dropbox), parece que as coisas fugiram do controle.

Acontece que na licença de utilização do serviço o Google – como já era de se imaginar – informa que não há garantia nenhuma ao serviço, ou seja, se ele parar de funcionar é problema seu.

Até aí tudo bem. Apesar de eu achar ridículo uma empresa se propor a oferecer um serviço – mesmo que gratuito – e não dar garantia de nada, existem muitas empresas que fazem isso. Mas a coisa começa a ficar feia de verdade neAsse trecho da licença:

Quando carrega ou, de alguma forma, envia conteúdo para os nossos Serviços, está a conceder à Google (e àqueles com quem trabalhamos) uma licença internacional para utilizar, alojar, armazenar, reproduzir, modificar, criar trabalhos derivados (como os decorrentes de traduções, adaptações ou outras alterações que efetuarmos para que o conteúdo funcione melhor com os nossos Serviços), comunicar, publicar, executar e apresentar publicamente, bem como distribuir o referido conteúdo. Os direitos que o utilizador concede ao abrigo desta licença serão utilizados apenas para operar, promover e aperfeiçoar os nossos Serviços, assim como desenvolver novos serviços. Esta licença permanece em vigor mesmo que o utilizador deixe de utilizar os nossos Serviços (por exemplo, relativamente a uma ficha de empresa que o utilizador tenha adicionado ao Google Maps).

Trocando em miúdos: suas fotos pessoais, a música que você compôs, o vídeo que você fez, ou seja, tudo o que você porventura colocar no Google Drive, passa a ser propriedade do Google. E ele pode utilizar como quizer e bem entender.

Leia aqui a licença na íntegra.

Veja aqui as diferenças entre as licenças do Google Drive e Dropbox (em inglês)


Meu novo blog: sobre engenharia de software . com

Há algum tempo venho procurando um assunto para começar a escrever um blog específico. Pensei bastante e nada vinha à minha cabeça.

Queria alguma coisa que me chamasse a atenção, é óbvio, mas também gostaria que fosse uma coisa que não me fizesse perder o interesse tão rápido, afinal começar um blog assim traz uma certa responsabilidade. Então esse fim de semana consegui achar um assunto que me interesse: Engenharia de Software.

É uma área que vem ganhando cada vez mais importância, tanto no setor privado, quanto no setor público, e se você trabalha ou tem interesse em trabalhar com desenvolvimento, vale a pena estudar. Mesmo que não seja sua intenção ser gerente de projetos ou engenheiro de software.

A ideia do blog é bem simples: enquanto estudo um dos livros considerados referência na área (Engenharia de Software: Uma Abordagem Profissional, de Roger Pressman), vou publicando artigos resumidos/baseados nos capítulos do livro. Para mim, isso vai ser de grande importância, porque vai ajudar a sedimentar o conhecimento.

Para o leitor do blog, que muitas vezes não tem tempo ou disposição de se debruçar sobre um livro de 800 páginas, será uma forma mais leve de adquirir conhecimento na área. Mas é óbvil que isso é só um ponto de partida. Tem muita coisa além disso a ser explorada no assunto.

Se você gostou da ideia e quer dar uma olhada, visite: www.sobreengenhariadesoftware.com. Por enquanto só tem um artigo (o de apresentação), mas com certeza nas próximas semanas teremos muito material disponível, e o que é importantíssimo: de graça! 🙂

Você também pode acompanhar os artigos do blog pelo twitter: @sobreengsoft e pelo Feed RSS.


Data Cassete – Revistas de tecnologia da década de 80

Lendo a lista de discussão PSL-Brasil, que pertence ao Projeto Software Livre Brasil, vi um post bem interessante, sobre o site Data Cassete, que tem por objetivo escanear e compartlhar livros, revistas e manuais de tecnologia da década de 80.

O site possui várias edições, de diversas revistas, e aceita colaborações de usuários. Então se você tem algumas revistas antigas guardadas, por que não ajudar?

Veja algumas das revistas que já estão disponíveis:

  • Computadores: Computer & Games, Computer & Games Especiais, CPU MSX, Crash, Geração Prologica, Informática CPU, Informativo Aleph, Informativo Gama News, Informativo MISC, Informativo Open Bulletim, Informativo Rede News, Input, Micro Sistemas, Micro & Video, Microhobby, Microhobby [Espanha], MSX Force, MSX Micro, MSX Press, MSX Top Class, MSX Viper, MSX World Magazine, Nemesis Magazine, Só Programas, Soft + Hard
  • Diversas: BBS Magazine, Diversas, Guia Oficial MK3, Joe Stick
  • Videogames: Ação Games, Ação Games Especiais, Cinevideo Games, Detonando, Game Boy, Game Sênior, Game & Vídeo, Game-X, Game-X Especiais, GameOver, GameOver Especiais, GamePower, Gamers, Gamers Book, Gamers Especial, Gamers Golpes, Gamers Pró-Dicas, Games Feras, GameShock Guide, GameStation Especial, Herói Games, Jogos 80, Jornal Sega Mania, Odyssey Aventura, Players, Playstation Magazine, Plug n Play Games, Power Game, ProGames, RetrogamesBrasil, Sega Mania, Star Games, Supergame, SuperGamePower, SuperGamePower Especiais, VideoGame, VideoGame Especiais, Videogame Expert, World Games

Achou legal? Visite o site: www.datacassete.com.br


Video-aulas de Ciência da Computação

Em uma das listas de discussão que participo o pessoal começou a postar uma série de sites que possuem video-aulas interessantes. Resolvi compartilhar aqui:

Fundação CECIERJ
http://www.cederj.edu.br/videoaulas/

Cousera – Stanford, Princeton e outros
https://www.coursera.org/

UC Berkeley Computer Science – Direto do Youtube
http://bit.ly/berkeley-computer-science  

MIT:
http://ocw.mit.edu/courses/#electrical-engineering-and-computer-science

Além, é claro, das video-aulas sobre desenvolvimento de aplicações para Android – do Professor Neri Aldoir Neitzke – que já tinha postado no blog:
http://blog.tiagopassos.com/curso-video-aulas-android-basico-gratis-professor-neri-aldoir-neitzke/
 


Mini Box Lunar

Uma amiga minha me mandou os Mp3 dessa banda e resolvi compartilhar.

A banda é Mini Box Lunar e é do Amapá. Eles tocam, segundo eles mesmos, Folk Rock / Psicodélico e têm lançado um CD com 6 músicas que foi disponibilizado gratuitamente para download, ou para ouvir pelo MySpace. O site "musicoteca" definiu a banda assim:

"Com influência na Tropicália, movimento heterogênico e inovador, a banda tem como proposta artística o vintage – peça caracterísitca no figurino dos integrantes deste planeta lunar musical.

Se deleite no arcoíris de Macapá!"

Veja abaixo dois vídeos da banda, e se quizer, clique aqui e baixe o CD completo. O download é autorizado pelo autor.

 


O fim da privacidade

Nesse momento, os Estados Unidos se preparam para aprovar uma nova lei que daria poderes aos agentes dos EUA a espionarem quase tudo o que fazemos online. Mas podemos impedí-los antes da votação final.

Empresas a quem confiamos nossas informações pessoais, como a Microsoft e Facebook, são os defensores principais desse projeto de lei que permite às corporações compartilharem todas as atividades e conteúdo de usuários com as agências do governo dos EUA — anulando as garantias de privacidade para quase todas as pessoas ao redor do mundo, não importando onde essas pessoas vivem ou navegam online.

Se nos manifestarmos em número suficiente, poderemos impedir que as corporações que lucram com nossas informações apoiem a ciber-espionagem. Assine a petição para essas corporações da Internet agora:

http://www.avaaz.org/po/stop_cispa_corporate_global/?vl

O Ato de Proteção e Compartilhamento de Ciber Inteligência (CISPA, na sigla em inglês) daria permissão às empresas que fazem negócios nos EUA de coletar registros exatos de todas as nossas atividades online e entregá-los para o governo dos EUA sem nem ao menos nos enviar uma notificação de que estamos sendo observados. Nenhuma garantia, nenhuma causa legal ou processo seria solicitado. Para piorar as coisas, o projeto de lei fornece ao governo e corporações uma imunidade para protegê-los de processos por violação de privacidade e outras ações ilegais.

Os defensores do projeto de lei afirmam que a informação do consumidor será protegida, mas a realidade é que grandes buracos na lei tornariam tudo o que fazemos online passível de observação — e hoje em dia, nossas informações pessoais estão todas armazenadas na Internet.

O CISPA está sendo levado adiante no Congresso e será colocado em votação em alguns dias. Vamos criar um protesto massivo para impedir que as corporações dêem aos EUA uma carta branca para monitorar nossos passos. Clique abaixo para se mobilizar:

http://www.avaaz.org/po/stop_cispa_corporate_global/?vl

Neste ano, já ajudamos a impedir SOPA, PIPA e ACTA — terríveis ameaças à Internet. Agora, vamos parar o CISPA e acabar com o ataque do governo dos EUA sobre nossa Internet.

Com esperança e determinação,

Dalia, Allison, Emma, Ricken, Rewan, Andrew, Wen-Hua e toda a equipe da Avaaz

Mais informações:

"Novo Sopa" recebe apoio do Facebook e rejeição da Casa Branca (Terra)
http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5725324-EI12884,00-Novo+Sopa+recebe+apoio+do+Facebook+e+rejeicao+da+Casa+Branca.html

O pai da Web e um dos pais do Google dizem que controlo da Internet é assustador (Público)
http://www.publico.pt/Tecnologia/tim-bernerslee-e-sergey-brin-alertam-para-os-perigos-do-controlo-da-internet-1542552

Grupos de defesa das liberdades civis americanas lança protesto online contra CISPA (Centro Knight)
http://knightcenter.utexas.edu/pt-br/blog/00-9756-grupos-de-defesa-das-liberdades-civis-americanas-lanca-protesto-online-contra-projeto-d

CISPA: A Internet tem um novo inimigo (em inglês) (Global Post)
http://www.globalpost.com/dispatches/globalpost-blogs/the-grid/cispa-the-internet-finds-new-enemy-sopa

Protestos contra o CISPA em meio a mudança de legislação (em inglês) (Los Angeles Times)
http://www.latimes.com/news/politics/la-pn-cispa-protests-begin-amid-key-changes-to-legislation-20120416,0,5314596.story

Perguntas e Respostas sobre projeto de lei de Cibersegurança: os preocupantes danos à privacidade no CISPA e como impedí-lo (em inglês) (Electronic Frontier Foundation)
https://www.eff.org/deeplinks/2012/04/cybersecurity-bill-faq-disturbing-privacy-dangers-cispa-and-how-you-stop-it

Novo texto do CISPA restringe jargão de cibersegurança ao passo que começam os protestos (em inglês) (Mashable)
http://news.yahoo.com/cispa-draft-narrows-cybersecurity-language-protests-loom-134202431.html


A pergunta não quer calar: as profissões de TI devem ser regulamentadas?

Saiu no jornal: mais um prédio desabou por conta de uma execução irresponsável da obra. O Engenheiro Civil foi responsabilizado e terá sua licença caçada. Dia vai e dia vem, e o tema sempre acaba voltando: regulamentação das profissões de Tecnologia da Informação. Grande parte do argumento utilizado é que profissões como médico, engenheiro civil e advogado são regulamentadas, então TI também deve ser. Acho a comparação totalmente descabida.

E pra não ficar com muita conversinha, já digo logo que sou totalmente contra a regulamentação da profissão, e só pra deixar claro: eu tenho nível superior na área de TI, então não falo isso por interesse próprio, mas sim porque acho que isso não tem nada a acrescentar à profissão e aos profissionais. Muito menos à sociedade.

É fato que TI vem tomando uma importância cada vez maior, e muitas vezes em áreas vitais da sociedade: vide equipamentos médicos, de controle de tráfego aéreo, de trânsito etc. Mas as três áreas utilizadas na comparação podem estar ligadas DIRETAMENTE à vida ou morte de um indivíduo. Um médico que erra pode matar uma pessoa, um engenheiro também. Um advogado incompetente pode fazer com que uma pessoa passe anos na cadeia.

Outro argumento que utilizam é que o profissional precisa ser valorizado, que qualquer um pode dizer que é programador ou técnico informática e ninguém pode dizer o contrário. Pra esse argumento só tenho uma coisa a dizer: conselho é pra proteger a sociedade. Quem protege o profissional é o sindicato. A classe que utiliza o conselho para proteger o profissional, está fazendo isso errado!

Ainda tem mais um ponto a ser levantado: a tecnologia da informação foi, historicamente, criada por profissionais de outras áreas (de administração a engenharia). E agora, de repente, você quer ignorar essas pessoas e dizer que só quem tem competência para trabalhar na área é quem é formado na área?

É óbvil que existem algumas situações onde um erro de um programador, administrador de redes ou DBA pode causar danos muito grandes, mas são poucas situações onde existe um risco à vida de um indivíduo.

Outro ponto importante é que os três profissionais citados são profissionais liberais, ou seja, na maioria das vezes eles não precisam trabalhar para nenhuma empresa. Agem por conta própria, por isso a necessidade da regulação. É claro que existem profissionais de TI que trabalham de forma autônoma, mas a maioria das funções que exigem grande responsabilidade estão vinculadas a empresas, e são essas empresas que serão responsabilizada caso algo dê errado. É papel dela evitar a contratação de um profissional ruim.

Nunca vi no jornal: DBA esquece de fazer backup e paciente com cancer morre. 😛


Lançado o JLoja – Sistema (Livre) de Controle de Estoque

É com prazer que, depois de 2 meses desenvolvimento e testes, anuncio o lançamento do JLoja, que é um sistema livre de controle de estoque, indicado para micro e pequenas empresas.

A idéia do sistema não é ser uma ERP, para gerenciar todos os processos de uma empresa. Até porque, se esse fosse o objetivo, nunca seria liberado em 2 meses e feito com apenas duas mãos!

O sistema possui cadastro de pessoas (clientes, fornecedores e funcionários), usuários, produtos, movimentações (entradas e saídas) e relatórios de estoque e vendas. O sistema não possui módulo de nas fiscais ou notas fiscais eletrônicas. É voltado para controle interno.

Caso tenha se interessado, você pode saber mais sobre o sistema em: www.jloja.sf.net e acessar o Demo Online em http://23.21.178.153:8080/jloja_demo/ (Usuário: admin – Senha: admin). A base de dados do Demo Online é restaurada a cada hora, então fique à vontade para cadastrar o que quizer! 🙂

Creio que o JLoja seja o primeiro sistema web livre para controle de estoque, e foi desenvolvido utilizado a framework WebIncógnita, que gera páginas em JSP, com o banco de dados PostgreSQL 8.4. O container recomendado é o Tomcat 6.

Enfim. É isso. Espero que possa ser útil para algumas pessoas. Se gostar, conte para os seus amigos. Se não gostar, não conte pra ninguém! 😛


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress