Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)… Olá DigitalOcean!

Archive for novembro, 2011

Primeiro 10GB, depois 50GB, agora 512GB de armazenamento grátis!

Parece meio irreal, mas é verdade.

O BeeCloud te dá 512GB de espaço grátis pra você guardar seus arquivos!

O funcionamento é mais ou menos parecido com o Dropbox e o SpiderOak, só que a grande diferença é que você já ganha os 512GB de cara. Não precisa convidar ninguém!

A desvantagem é que ainda não tem versão pra Linux :~~~ mas como eles já fizeram uma pra Mac, tenho esperança que em breve saia uma versão que rede no Ubuntu.

Não vou mentir pra vocês. Não pude testar o serviço direito (porque não uso Windows), então não posso colocar minha mão no fogo pelo serviço (como coloco pelo Dropbox).

Mas se alguém quizer testar e ver se presta, e quizer postar nos comentários, ficarei muito feliz. E aposto que outros visitantes também!

O serviço também tem planos pagos, que possui alguns recursos adicionais como acesso FTP / SFTP, por exemplo. Dê uma olhada aqui e veja se algum te agrada. 🙂


Perdi a senha do PostgreSQL no Ubuntu! E agora!?

Há alguns meses atrás fiz um artigo explicando como recuperar a senha do MySQL no Ubuntu. Dessa vez vou fazer o mesmo no PostgreSQL. É tão simples quanto.

Abra o Terminal (Menu Principal / Acessórios / Terminal) e digite:

sudo -u postgres psql template1
alter user postgres with password 'NOVA_SENHA'
\q (para sair)

O procedimento foi testado no Ubuntu 10.04 LTS.

Fonte: http://forum.wmonline.com.br/topic/201179-instalei-postgre-no-ubuntu-mas-ele-nao-me-deu-a-senha/


É a Gota D’Água

A Usina de Belo Monte será a primeira de várias que o Governo Federal pretende construir na Amazônia. Serão 30 bilhões de reais, sendo 24 deles vindos do seu bolso. A Usina só conseguirá produzir durante 4 meses do ano, porque nos outros 8 meses, os rios estão secos. Além disso, centenas de quilômetros quadrados de Floresta Amazônica serão alagados, sem falar das várias comunidades indígenas e ribeirinhas que ficarão perderão suas casas.

Ainda acha que a usina é necessária? Veja o vídeo abaixo. Depois assine a petição que será enviada à presidente Dilma Rousseff aqui: http://movimentogotadagua.com.br/ e ajude a impedir esse desastre ecológico.

 

 

 

 

 

 

 

 

Informação adicionada em 20/11/2011:

Estava passando hoje pela praia de Jatobá, no município de Barra dos Coqueiros (Aracaju – Sergipe) e vi que estão construindo um parque eólico. Fiquei abismado porque não sabia de nada. Segue a foto: http://bit.ly/t7ygsF

Então fui pesquisar um pouco e achei a seguinte matéria: Sergipe receberá investimentos para energia eólica

Alguns pontos interessantes da matéria:

– "Estão previstos para este ano investimentos de cerca de R$ 25 bilhões na geração de energia eólica."
– "Os projetos contemplados estão no nordeste, e Sergipe será um dos Estados beneficiados, juntamente com o Ceará, Rio Grande do Norte e a Bahia. O que se afirma é que quando concluídos, esses projetos deverão gerar mais energia do que a hidrelétrica de Belo Monte, no Xingu, que tanta celeuma tem provocado."
– "Diante de tantos benefícios, é de se questionar o porquê de até agora ainda não se tem a energia eólica como a melhor escolha, em contraste com o terror da agressão ambiental e o risco nuclear."

Informação adicionada em 28/11/2011:

Pra quem quer saber o outro lado da moeda, veja esse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=gVC_Y9drhGo
Não vou dizer se sou a favor ou contra. Isso fica a seu critério. Se concorda ou discorda de algum dos dois, sinta-se livre para se manifestar nos comentários. 🙂
Se você é a favor de belo monte por achar que Energia Solar e Eólica são caras, veja isso http://bit.ly/uZ59PZ  e isso http://bit.ly/tz9eiA


Uma obra-prima de JavaScript!

Fui corrigir um problema em uma validação num JavaScript do Projeto "X", e encontrei a seguinte obra-prima:

 

  if( !( ( (digitos / 10000000000) >= 1 ) && ( (digitos / 10000000000) < 10 ) ) ){
      alert('O código deve conter 11 dígitos');
   }

Longe de mim dizer que isso é um armengue ( 😛 ), mas acho que mais simples fazer isso:

  if (digitos.length != 11) {
      alert('O código deve conter 11 dígitos');
   }

Tenso... 😛


Planilha do Excel / LibreOffice Calc para Controle de Gastos

Depois de ler os artigos: Fluxo de caixa: instrumento essencial para profissionais independentes e Gerenciamento de finanças pessoais: as ferramentas preferidas dos leitores do Efetividade, comecei a pensar seriamente em utilizar algum instrumento para controlar meus gastos.

Falo apenas em controlar gastos (despesas) porque, para o meu caso (e talvez seja o seu), não vejo tanto a necessidade de controlar as entradas (receitas), já que recebo um salário fixo todo mês. No caso de um freelancer ou alguém que receba por comissão, a necessidade de controlar as receitas é bem maior.

Comecei a desenvolver uma planilha para Excel / LibreOffice Calc, e fui melhorando ela pouco a pouco. Hoje ela já está bem organizada, e com isso decidi compartilhá-la com os leitores do blog. 🙂

A ideia é que ela sirva de base para que você faça a sua própria, e melhore / modifique ela de acordo com as suas necessidades. Você pode ir anotando seus gastos no celular ou num bloco de papel, e de tempos em tempos (semanalmente, por exemplo), passe os dados para a planilha. Para baixar, clique no link abaixo:

Download da planilha para Controle de Gastos


Executar um script como root no Ubuntu Linux sem precisar de senha

Recentemente precisei fazer o seguinte: tinha um script (.sh) e precisava executar ele sempre. Só que o problema era que ele precisava ser executado como root, mas eu não queria ficar digitando a senha toda vez que rodasse ele. A solução?

Abra o terminal (Menu Principal / Acessórios / Terminal) e digite:

sudo gedit /etc/sudoers

No final do arquivo acrescente a seguinte linha:

usuario ALL=NOPASSWD:/caminho/para/o/script.sh

Com isso você dá permissão ao usuario executar o script /caminho/para/o/script.sh como root. Não esqueça de colocar o usuário e caminho para o script corretos!

Procedimento testado no Ubuntu 10.04 LTS


Serpro oferece cursos à distância gratuitos

O Serpro, ou Serviço Federal de Processamento de Dados, é a maior empresa pública de prestação de serviços de Tecnologia da Informação (TI) da América Latina. O órgão é vinculado ao Ministério da Fazenda e foi criado em 1964 com o objetivo de oferecer mais transparência e controle sobre a receita e os gastos públicos.

Mas o Serpro agora possui outra missão além da original: "compartilhar para multiplicar conhecimento. Esse é o objetivo do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) ao disponibilizar para a sociedade uma série de 14 cursos, todos licenciados em Creative Commons."

Educação à distância

Em outras palavras, são vários cursos à distância que estão sendo oferecidos para a sociedade brasileira. A maioria deles na área de TI, que é o "ramo" da empresa. Alguns deles são:

Para utilizar, basta acessar o endereço www.serpro.gov.br/inclusao/conteudos-educacionais-livres e fazer o download dos cursos. É preciso ter instalado na máquina o Moodle, uma plataforma livre de aprendizagem que você pode adquirir no seguinte endereço www.moodle.org/downloads. Os cursos foram desenvolvidos na versão 1.9.7 e operam perfeitamente nas versões 1.9.x, acima da 1.9.7. Porém, não funcionam em versões anteriores ou no Moodle 2.0.

Um ponto que não posso deixar de reforçar é que todos os cursos estão sob a licença Creative Commons "Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0", que deixa o curso livre para distribuição.

Seria bastante interessante se fosse livre para alteração (além da distribuição). Mas já é um bom começo. 🙂

Fonte: Serpro


Morre Andre Gondim: uma grande perda para o Software Livre

A comunidade de Software Livre teve uma grande perda: Andre Gondim era um dos mais atuantes colaboradores da comunidade brasileira do Ubuntu. Senão o mais atuante.

Suas principais colaborações eram na forma de traduções e artigos sobre software livre, Linux e Ubuntu. Ele ajudou a quebrar a ideia que muita gente tinha de que a única forma de colaborar era enviando código, além de, é claro, trabalhar por um Linux acessível a todos.

Andre tinha Fibrose Cística, uma doença hereditária que afeta principalmente caucasianos (descendentes de europeus).


Permissões de acesso e leitura para diretórios específicos a cada usuário e grupo no Subversion (SVN)

O Subversion é um sistema de controle de versão. Se você não sabe o que é isso, veja esses dois artigos no Wikipedia:

Este artigo é indicado para quem já conhece a configuração de permissões de usuários e grupos a repositórios no Subversion. A localização do arquivo de configuração pode variar entre os Sistemas Operacionais. Para o exemplo abaixo, utilizei o CentOS, e o arquivo é o seguinte: /etc/svn-authz-file, apesar disso, os comandos para permissão são os mesmos em qualquer Sistema Operacional. A intenção aqui é mostrar como dar ou negar permissão a uma pasta específica. Vou demonstrar com dois exemplos:

1. Nesse primeiro exemplo, pretendo dar permissão de leitura para os usuários do grupo "estagiários" e leitura e escrita para os usuários do grupo "desenvolvedores" ao repositório completo. Além disso, quero dar aos estagiários permissão de leitura e escrita no diretório "css". Assim:

 

[groups]
# usuarios que pertencem ao grupo desenvolvedores
desenvolvedores = tiago, andre
# usuarios que pertencem ao grupo estagiarios
estagiarios = luis, pedro

[nome_do_repositorio:/]
# permissao de leitura e escrita no repositorio completo para o grupo "desenvolvedores"
@desenvolvedores = rw
# permissao de leitura no repositorio completo para o grupo "estagiarios"
@estagiarios = r

[nome_do_repositorio:/css]
# permissao de leitura e escrita no diretorio "css" para o grupo "estagiarios"
@estagiarios = rw

2. No segundo exemplo, pretendo dar permissão de leitura e escrita para os usuários do grupo "estagiários" e para os usuários do grupo "desenvolvedores" ao repositório completo, mas quero negar aos estagiários permissão de leitura e escrita no diretório "js". Assim:

[groups]
# usuarios que pertencem ao grupo desenvolvedores
desenvolvedores = tiago, andre
# usuarios que pertencem ao grupo estagiarios
estagiarios = luis, pedro

[nome_do_repositorio:/]
# permissao de leitura e escrita no repositorio completo para o grupo "desenvolvedores"
@desenvolvedores = rw
# permissao de leitura e escrita no repositorio completo para o grupo "estagiarios"
@estagiarios = rw

[nome_do_repositorio:/js]
# negadas todas as permissões do diretório "js" para o grupo estagiários
@estagiarios =

 

3. Ao invés de definir permissões para um grupo, você pode (apesar de não ser uma boa prática) definir para um usuário. Para isso basta colocar o nome do usuário. Assim:

[groups]
# usuarios que pertencem ao grupo desenvolvedores
desenvolvedores = tiago, andre
# usuarios que pertencem ao grupo estagiarios
estagiarios = luis, pedro

[nome_do_repositorio:/]
# permissao de leitura e escrita no repositorio completo para o grupo "desenvolvedores"
@desenvolvedores = rw
# permissao de leitura e escrita no repositorio completo para o grupo "estagiarios"
@estagiarios = rw

[nome_do_repositorio:/js]
# negadas todas as permissões do diretório "js" para o usuário luis, do grupo estagiários
luis =

Dúvidas? Utilize os comentários!

Fonte: SVN Book


Atualize seu blog WordPress utilizando seu Android

Você sabia que tem um aplicativo do WordPress para Android? Eu não sabia. Fui testar e achei legal.

 

 

Tela de Postagem do Aplicativo WordPress para Android
Tela de Postagem do Aplicativo WordPress para Android

Dá pra você postar praticamente da mesma forma que você postaria se tivesse usando a versão online. Você pode usar a câmera do celular pra tirar fotos e vídeos na hora que está escrevendo, ou escolher algum(a) da sua galeria e publicar junto com seu texto.

Você nem precisa estar conectado à internet no momento. Pode escrever e salvar o rascunho no celular. Quando tiver com internet, publica ou salva como rascunho no blog (online).  Como se não bastasse, você também pode moderar comentários dos usuários.

Dá pra adicionar quantos blogs você quizer, sejam eles hospedados em um provedor próprio ou no wordpress.com, ou até mesmo começar um blog novo diretamente pelo aplicativo.

Se você está procurando o aplicativo para iPhone (IOS), clique aqui.

Só tem um detalhe: antes de botar seu blog atual pra funcionar, você tem que alterar uma pequena configuração, que explico aqui.

Baixe diretamente no Android Market:

http://chart.apis.google.com/chart?cht=qr&chl=http://migre.me/62eBF&chs=250x250


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress