Servidor dedicado (VM) por US$5 ao mês!
Saiba mais sobre a DigitanOcean: Adeus Amazon (AWS)... Olá DigitalOcean!

Faça uma recarga de celular e ganhe R$10 de volta!

Tag: google chrome


Um em cada dez internautas usa o Google Chrome

O número de pessoas que utiliza o Google Chrome cresceu bastante, e às custas do Internet Explorer, da Microsoft, que vem perdendo gradativamente usuários com o passar dos anos. Agora 1 em cada 10 pessoas quase acessam a internet usa o novegador do Google.

Gráfico de Utilização dos Navegadores do Final de 2009 ao Final de 2010

Segundo as estatíticas fornecidas pela Net Applications, a utilização do Google Chrome, que estava em 9.3% em novembro, saltou para 10% em dezembro de 2010. O Chrome é um dos melhores veículos que o Google tem para desenvolver, explorar e promover novos recursos.

O Mozilla Firefox, em segundo lugar, ficou com 22.8% dos usuários. O Safari, da Apple, com foi de 5.6% a 5.9%, e o Opera com 2.2%. O crescimento do Safari, assim como o do Google Chrome, foi às custas do Internet Explorer, que caiu de 58.4% para 57.1%.

Fonte: CNET News


Instalando o Google Chrome no Fedora 14

O Google Chrome é um dos navegadores mais utilizados atualmente, e o que mais vem crescendo. A versão para Linux demorou, mas chegou. Pra quem quer usar ele no Fedora 14, vou mostrar como instalar.

Antes de tudo, crie o arquivo /etc/yum.repos.d/google.repo . Pra fazer isso, pegue permissões de root no terminal (su), depois edite com o gedit (gedit /etc/yum.repos.d/google.repo) ou com o vim (vim /etc/yum.repos.d/google.repo). Se você não conhece ou não sabe usar o Vim, acesse aqui.

Se sua versão do Fedora for de 32 bits, adicione o trecho abaixo:

[google]
name=Google - i386
baseurl=http://dl.google.com/linux/rpm/stable/i386
enabled=1
gpgcheck=1
gpgkey=https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub

Se sua versão do Fedora for de 64 bits, adicione o trecho abaixo:

[google64]
name=Google - x86_64
baseurl=http://dl.google.com/linux/rpm/stable/x86_64
enabled=1
gpgcheck=1
gpgkey=https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub

Para instalar a versão Stable (estável), que é a melhor para a maioria dos usuários, digite, ainda como root, o seguinte código:

yum install google-chrome-stable

Inspecionando Conteúdo com o Firebug e o Chromebug

Essa é uma dica interessante para desenvolvedores web e webdesigners. Se você é um desses e ainda não conhece, é bastante interescêsante dar uma olhada.

O Firebug é uma das extensões mais populares do Firefox. Com ele você pode encontrar bugs em páginas HTML com muito mais facilidade que com o visualizador de código fonte padrão do Firefox.

É possível selecionar uma área específica da página para visualizar qual erro está ocorrendo. Também existe uma versão para o Google Chrome chamada Chromebug.

Baixe o Firebug: http://getfirebug.com/
É necessário ter o Firefox instalado. Se não tiver, baixe em http://br.mozdev.org/

Baixe o Chromebug: http://blog.getfirebug.com/category/chromebug/
É necessário ter o Google Chrome instalado. Se não tiver, baixe em http://www.google.com.br/chrome


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress