Ganhe R$20 de desconto na primeira corrida com a 99Taxi!

Tag: oi

Que Internet no Brasil é um lixo, todo mundo já sabe…

Mas tem vezes que parece piada.

Quinze dias atrás fui tentar mais uma vez contratar o Velox (da operadora Oi) na empresa onde trabalho. Falo "mais uma vez" porque já tínhamos tentado tantas vezes antes, que chegamos a desistir.

Todas as vezes que ligamos, éramos informados que não tinha disponibilidade. Mas dessa vez eu liguei, e adivinhe: tinha disponibilidade de 15 Mega! Quase correu uma lágrima nessa hora.

Mas o que aconteceu na verdade foi o seguinte: quando acabaram os 7 dias que eles me deram pra instalar o serviço, eu liguei pra lá e, adivinhe?

Segundo a atendente, não tinha nenhuma solicitação cadastrada! Uma beleza né? O meu erro foi ter esquecido de anotar o protocolo!

Fiz outra solicitação (e dessa vez anotei o protocolo). Chegaram novamente os 7 dias e novamente, nada. Reclamei na Oi, e quando estava me preparando pra reclamar na ANATEL, e já estava com o mouse no botão enviar, o técnico me liga dizendo que até o final da tarde estaria lá.

Adivinha de novo? Ele não apareceu!

Parecia que tinha escrito otário na minha testa! Mas dessa vez eu abri a reclamação, e a instalação foi feita (no fim do dia seguinte).

No fim das contas, eu precisei de cerca de 20 dias, duas solicitações, três reclamações (duas à Oi e uma à Anatel) pra conseguir ser abençoado com internet "banda larga".

Na verdade, eu falei tudo isso – acho que falei até demais – pra apresentar um vídeo que achei muito interessante no YouTube. É do Canal do Otário, dizendo algumas verdades sobre os planos de "banda larga" 3g. O vídeo foi bloqueado pra quem usa Claro, então coloquei um link alternativo, caso você utilize os serviços dessa operadora maravilhosa. Não esqueça de ver também o vídeo GOL 1.0 – Volkswagen (Que tal começar a andar de bicicleta?). Tem mais dois outros em baixo desse vídeo:

Além desse, tem outros vídeos bem interessantes:

Maxi Conta Itaú – Tarifas Bancárias – Serviços Essenciais

Loterias da Caixa


Problema recorrente com a Oi, GVT, Telefonica etc? Não pense duas vezes: abra uma reclamação na ANATEL!

Depois da privatização das operadoras de telefone do país em 1998, muita coisa mudou. Vieram muitas coisas positivas, como internet banda larga e telefonia móvel acessível a quase todos os brasileiros. Mas existem duas reclamações que boa parte dos brasileiros têm em relação à telefonia: atendimento ruim e problemas recorrentes, ou seja, problemas que vêm, vão e nunca são resolvidos.

Hoje em dia, quando ligo para uma operadora e não sou atendido em 10 minutos, ou então quando um problema é dado como resolvido mas volta a ocorrer, eu nem penso duas vezes: abro uma reclamação na ANATEL, que é agência do governo que, entre outras funções, fiscaliza a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel (incluindo internet 3g), fixo (incluindo internet banda larga) ou à distância. O endereço para abrir reclamações é esse: http://sistemas.anatel.gov.br/soa/

É dito e certo: em menos de 1 semana (demora um pouco, é verdade) alguém (capacitado a resolver o problema) liga para você e o problema é efetivamente resolvido. Pelo menos foi assim comigo em todas as vezes que usei esse recurso.

Não se esqueça de anotar o protocolo da reclamação! Eu anoto o protocolo, nome do atendente, data e hora do atendimento. Não é obrigatório, mas vai lhe ajudar a ter a solução mais rapidamente.

Além de ter o problema resolvido, é importante fazer isso porque essa é a forma que a ANATEL utiliza para avaliar a operadora. Recentemente, em alguns estados, a operadora que tinha mais reclamações foi proibida de vender chips de celular.

Temos que lembrar que, apesar de as operadoras de telefone serem privadas, elas são obrigadas a garantir qualidade no serviço.

Atualização incluída dia 03 de Janeiro de 2017

Aparentemente o link que eu forneci não funciona mais, mas a Anatel criou um aplicativo para facilitar o registro de reclamações. Usei agora e é bem simples de usar. Segue o link para baixar o aplicativo (Android):

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.anatel.consumidor&hl=pt


Speedy e Velox só fornecem 10% da velocidade contratada. Será?

Já é do conhecimento de muita gente que a legislação que regula internet banda larga (Velox, Speedy etc.) obriga o provedor a fornecer apenas 10% da banda contratada, ou seja, se você paga por uma conexão de 10 Mbps (Megabits por segundo), poderá estar recebendo apenas 1 Mbps. É óbvio que é uma regra ridícula, que favorece apenas as empresas de telecomunicação, como Oi e Telefônica. Mas muita gente se confunde na hora de fazer as contas com diferentes medidas.

Por exemplo: a velocidade de um Velox de 5 Mega é Medida em Megabits por segundo. Quando você faz um download, por exemplo no Firefox, o valor que aparece lá é em Megabytes por segundo.

Isso acontece porque tráfego na rede é medido em Megabits, e tamanho de arquivo é medido em Megabytes. Provavelmente você sabe que 1 Megabyte corresponde a 8 Megabits (se não sabe, fica sabendo agora :P). Então fazendo a continha 5 Megabits / 8 = 625 Kilobytes.

Seu download, se o servidor for bom, seria próximo a 625KB/s. Como existe uma perda natural graças à resistência da fiação, você vai baixar a um valor um pouco menor que isso. Geralmente em torno de 550KB/s. Isso quer dizer que a Oi te fornece através do Velox uma conexão em torno de 80% a 90% do contratado.

Pra que você conseguisse fazer o download a 625KB/s, além de fazer download a partir de um servidor muito bom, você precisaria de uma conexão com fibra ótica – já que fibra ótica, teoricamente, não tem resistência – até o seu PC.

Mas lembre-se que servidores de fora costumam ter uma perda maior que em servidores dentro do Brasil. Por isso é importante fazer o download de um servidor do Brasil, quando houver essa opção. Arquivos baixados via Torrent precisam ter muitos seeders (pessoas com o arquivo completo) para que você consiga baixar na velocidade máxima. Geralmente também demora um pouco até que você consiga se conectar a todos os seeders e baixar a velocidade máxima.

Servidores de armazenamento de arquivo como Rapidshare, 4shared e uploaded.to geralmente limitam o download gratuito a 100KB/s, ou seja, não vai fazer diferença se você tem uma conexão de 1 Mega ou 10 Mega. Em ambos os casos, seu download será feito a 100KB/s.

Só pra deixar claro: não estou defendendo nenhuma operadora de telefone. Só tentei exclarecer porque muita gente se confunde nesse assunto. Mas se você tem uma conexão de 1 Mega e baixa a menos de 100KB/s (de um servidor bom), realmente tem alguma coisa errada. Se você quizer testar a sua velocidade, pode fazer isso a partir dos mirrors da UFPR, que costumam ser muito bons: http://ubuntu.c3sl.ufpr.br/releases/precise/.


ANATEL: Diga não para a Oi!

É inacreditável! Nossa Internet está em risco no Brasil. No ano passado, vencemos uma grande batalha quando a ANATEL aprovou os novos padrões de qualidade da Internet que nos garantem um serviço de Internet confiável e rápido. No entanto, a Oi Telecom, um dos maiores provedores de Internet do Brasil, está prestes a esvaziar esses novos padrões e nos mandar de volta para os dias em que o serviço de Internet era lento ou simplesmente não existia, a menos que façamos algo antes do dia 1º de fevereiro para impedí-los.

A Oi quer maximizar os seus lucros e nos privar de uma Internet decente, mas podemos impedi-los. A ANATEL abriu o pedido da Oi ao público, o que nos dá a chance de manter as novas regras e mostrar a ANATEL que eles têm um enorme apoio do público.

Nós, brasileiros, já dissemos um grande "sim" para os padrões de qualidade anteriormente, mas precisamos fazer isso mais uma vez para proteger nossa vitória. Temos uma semana para inundar a ANATEL com milhares de mensagens pedindo ao conselho de diretores que se posicionem contra a atitude da Oi e protejam o serviço de Internet de qualidade para todos os brasileiros. Envie uma mensagem para a ANATEL agora:

http://www.avaaz.org/po/brazil_anatel_vs_oi/?vl

Por muitos anos não havia padrões mínimos de qualidade no Brasil. Quando a ANATEL realizou a votação sobre o assunto, enviamos mais de 60.000 mensagens e conquistamos o direito dos padrões de qualidade para todos nós brasileiros! Agora, a indústria das telecoms está contra-atacando e quer cancelar as novas regras. A Oi diz que é impossível atingir esses novos padrões, mas especialistas no assunto já provaram o contrário. Não há motivo para nos afastarmos desses padrões outra vez!

A ANATEL precisa de nossa ajuda. Eles abriram o pedido da Oi, pois sabem que nós queremos que eles mantenham essa posição firme, mas eles precisam receber uma avalanche de mensagens para justificar sua posição contra a atitude da Oi.

http://www.avaaz.org/po/brazil_anatel_vs_oi/?vl

Nossos direitos enquanto usuários de Internet estão em constante perigo, mas juntos podemos superar até as maiores ameaças. No ano passado, nosso poder popular impediu um ataque sobre os ditos "crimes digitais" no Congresso, abrindo caminho para um novo e impressionante Marco Civil da Internet. E, na semana passada, o mundo se uniu para impedir leis de censura da Internet nos EUA. Agora vamos nos unir mais uma vez e criar um clamor nacional para melhorar a qualidade de nosso acesso à rede e promover Internet para todos.

Com esperança e determinação,

Emma, Ian, Diego, Carol, Luis, Ricken e o restante da equipe da Avaaz

Mais informações:

Oi quer anulação de regras sobre a qualidade dos serviços (Terra Brasil)
http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5555601-EI12884,00-Oi+quer+anulacao+de+regras+sobre+a+qualidade+dos+servicos.html

Oi quer anular metas de qualidade da banda larga e Anatel pede opinião da sociedade (Teletime)
http://www.teletime.com.br/12/01/2012/regulamentacao-oi-quer-anular-metas-de-qualidade-da-banda-larga-e-anatel-pede-opiniao-da-sociedade/tt/257477/news.aspx?

Saiba mais sobre a Campanha Banda Larga para pressionar a Anatel e garantir qualidade de Internet para todos
http://campanhabandalarga.org.br/

Fatos sobre as empresas de Internet e telefonia no Brasil (Teleco):
http://www.teleco.com.br/operadoras/grupos.asp

Retirado de Avaaz


Como testar a velocidade do seu Oi Velox

Veja também esse artigo: Testando a conexão do seu desktop ou servidor Linux por linha de comando com o Speedtest-cli

Muitas vezes percebemos que nossa conexão à internet está muito lenta, e não sabemos como testar se o problema é no site que estamos acessando, ou na nossa conexão.

Existem aguns sites que medem essa velocidade. O mais comum é disponiblizado pela RJNET, mas existem outros, como o da A BELTRÔNICA. Eu pessoalmente costumava usar o da RJNET.

Recentemente fiz uma ligação para o suporte da Oi e vi que eles disponibilizaram um serviço (simples), mas bastante prático para fazer esse teste. Você acessa o site arquivos.oi.com.br e lá tem uma série de arquivos com vários tamanhos diferentes. Faça o download do M50.zip e veja a que velocidade chega. Lembrando que sua conexão é medida em Megabits (ou Kilobits) por segundo, o a do download é medida em Megabytes (ou Kilobytes) por segundo, então a velocidade indicada no download deve ser multiplicada por 8. Ex.: se você está baixando o arquivo a 50KB/s, quer dizer que sua conexão é de 400 Kilobits por segundo.

Lembre-se de que não deve ter nenhum outro programa no computador utilizando a conexão à internet no momento, e que na hora do teste só deve ter um computador ligado ao modem/roteador. É possível que esse serviço funcione em outras operadoras, mas só testei no Velox.

Adicionado em 21/11/2012:

Achei que esse artigo já estava ficando meio desatualizado (tem um ano e meio que escrevi!), e já que é um dos mais visitados do blog, resolvi dar uma complementada. Ultimamente tenho percebido que tanto o site arquivos.oi.com.br, quanto os outros dois métodos que recomendei estão bem sobrecarregados.

Atualmente utilzo o Speedtest.net, que creio ser a melhor forma de testar a velocidade da internet (seja Oi Velox ou outro provedor). Basta entrar no site e clicar em "Iniciar teste".

O serviço utiliza diversos servidores ao redor do mundo, e escolhe o provedor mais próximo para fazer a medição. No final, ele te dá o resultado, e se você quizer, uma imagem como essa resumindo o resultado:

Speedteest.net

Se você acha que o teste está mostrando um resultado abaixo do que deveria, pode clicar em "novo servidor", e como o próprio nome já diz, o site irá realizar um novo teste, em um novo servidor.

Pra completar, tenho mais uma dica: se você quer um teste mais rápido e simples, basta fazer um download a partir de um servidor que vocẽ tenha certeza que é rápido. Os mirrors (espelhos) da UFPR são bastante rápidos, e quando quero fazer um teste simplificado, faço um download de algum arquivo hospedado lá, como uma imagem do Ubuntu.


  • Publicidade

  • Redes Sociais

    Facebook  Twitter
  • Projetos Paralelos

  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress