Anúncio sem fins lucrativos. Colabore com o Médicos Sem Fronteiras!

Tag: dropbox

Criptografando seus arquivos com o EncFS antes de guardá-los no Dropbox para Linux

Nos tempos de PRISM, todo cuidado é pouco ao armazenar arquivos online. Mesmo que você não seja um agente secreto, acredito que a ideia de que todos os seus arquivos pessoais sejam acessíveis ao governo americano não lhe agrade muito.

 

Proteja seus arquivos!

 

Depois de todo o bafafá envolvendo Snowden (o ex-analista que denunciou o PRISM) algumas alternativas aos serviços que já conhecemos se tornaram populares e outras surgiram. Só que até agora (pelo menos pelas minhas pesquisas) não surgiu nenhum serviço (gratuito) à altura do Dropbox que respeite sua privacidade.

Uma forma de contornar essa falta de opções é criptografar seus arquivos antes de enviá-los ao Dropbox. É aí que surge o EncFS, que diferentemente do TrueCrypt, que cria um grande bloco para que você armazene seus arquivos, o EncFS criptgrafa arquivo por arquivo, facilitando sua utilização com o Dropbox (e similares).

Sem mais delongas, vou mostrar o passo-a-passo para utilizar o EncFS. Meus testes foram com o Ubuntu 10.04 (é, eu ainda uso o 10.04! :P), mas nada impede que funcione nas versões mais novas do Linux Mint, Debian e Ubuntu.

Antes de começar, abra o Terminal e pegue as permissões de root e atualize a lista de pacotes:

sudo su
apt-get update

Instale o EncFS:

apt-get install encfs

Crie a sua pasta encriptada:

encfs ~/Dropbox/encriptado ~/privado

A pasta ~/Dropbox/encriptado é onde os arquivos encriptados ficarão guardados, sendo sincronizados com o Dropbox. Na pasta ~/privado, ficarão as versões descriptografadas.

Serão feitas algumas perguntas:

  1. Se você confirma a criação do diretório ~/Dropbox/encriptado, caso não exista
  2. Se você confirma a criação do diretório ~/privado, caso não exista
  3. O tipo de configuração que você prefere. Digite "p" para o modo pré-configurado
  4. Por último a senha que você irá utilizar. Recomendo uma senha bem grande. O TrueCrypt recomenda 20 caracteres ou mais, mas isso fica a seu critério. Quanto mais, melhor, desde que você não esqueça!

Importante!

  1. Não esqueça a senha que você definiu. Se esquecer, perdeu playboy! Não dá pra recuperar! :P
  2. Coloque seus arquivos na pasta ~/privado, e não na pasta ~/Dropbox/encriptado. Ignore a pasta ~/Dropbox/encriptado
  3. Não apague o arquivo .encfs.xml. Pode ser uma boa ideia fazer uma cópia dele. Caso você o perca, possivelmente não irá conseguir montar o sistema. Ele fica oculto na pasta ~/Dropbox/encriptado. Digite CTRL+H para exibir os arquivos ocultos.

Quando você iniciar novamente o computador, o sistema não estará montado, então você precisará fazer isso com o comando (e depois digite a senha):

encfs ~/Dropbox/encriptado ~/privado

Caso você queira que o sistema de arquivos seja montado automaticamente, pode utilizar o gnome-encfs (eu não testei). O pacote adiciona a senha ao seu chaveiro.

De uns tempos pra cá todo mundo precisa ser meio agente secreto pra ter um pouco de privacidade… :P

Fonte: How-To Geek

Atenção! Não me responsabilizo por eventuais perdas de dados. Faça tudo por sua conta e risco!


Coloque seus arquivos pessoais no Google Drive e eles passarão a ser propriedade do Google!

Dessa vez os caras passaram dos limites. A coisa está ficando cada vez mais escancarada.

Acho que muitos já cansaram de ler sobre como o Google não respeita a privacidade dos usuários, de como ele mesmo afirma utilizar as informações das contas de e-mails dos usuários etc, etc, etc. Mas com o lançamento do Google Drive (o novo serviço do Google, similar ao Dropbox), parece que as coisas fugiram do controle.

Acontece que na licença de utilização do serviço o Google – como já era de se imaginar – informa que não há garantia nenhuma ao serviço, ou seja, se ele parar de funcionar é problema seu.

Até aí tudo bem. Apesar de eu achar ridículo uma empresa se propor a oferecer um serviço – mesmo que gratuito – e não dar garantia de nada, existem muitas empresas que fazem isso. Mas a coisa começa a ficar feia de verdade neAsse trecho da licença:

Quando carrega ou, de alguma forma, envia conteúdo para os nossos Serviços, está a conceder à Google (e àqueles com quem trabalhamos) uma licença internacional para utilizar, alojar, armazenar, reproduzir, modificar, criar trabalhos derivados (como os decorrentes de traduções, adaptações ou outras alterações que efetuarmos para que o conteúdo funcione melhor com os nossos Serviços), comunicar, publicar, executar e apresentar publicamente, bem como distribuir o referido conteúdo. Os direitos que o utilizador concede ao abrigo desta licença serão utilizados apenas para operar, promover e aperfeiçoar os nossos Serviços, assim como desenvolver novos serviços. Esta licença permanece em vigor mesmo que o utilizador deixe de utilizar os nossos Serviços (por exemplo, relativamente a uma ficha de empresa que o utilizador tenha adicionado ao Google Maps).

Trocando em miúdos: suas fotos pessoais, a música que você compôs, o vídeo que você fez, ou seja, tudo o que você porventura colocar no Google Drive, passa a ser propriedade do Google. E ele pode utilizar como quizer e bem entender.

Leia aqui a licença na íntegra.

Veja aqui as diferenças entre as licenças do Google Drive e Dropbox (em inglês)


Primeiro 10GB, depois 50GB, agora 512GB de armazenamento grátis!

Parece meio irreal, mas é verdade.

O BeeCloud te dá 512GB de espaço grátis pra você guardar seus arquivos!

O funcionamento é mais ou menos parecido com o Dropbox e o SpiderOak, só que a grande diferença é que você já ganha os 512GB de cara. Não precisa convidar ninguém!

A desvantagem é que ainda não tem versão pra Linux :~~~ mas como eles já fizeram uma pra Mac, tenho esperança que em breve saia uma versão que rede no Ubuntu.

Não vou mentir pra vocês. Não pude testar o serviço direito (porque não uso Windows), então não posso colocar minha mão no fogo pelo serviço (como coloco pelo Dropbox).

Mas se alguém quizer testar e ver se presta, e quizer postar nos comentários, ficarei muito feliz. E aposto que outros visitantes também!

O serviço também tem planos pagos, que possui alguns recursos adicionais como acesso FTP / SFTP, por exemplo. Dê uma olhada aqui e veja se algum te agrada. :)


Compartilhe até 50GB de arquivos com seus amigos usando o Minus.com!

Compartilhamento de arquivos: tantas opções… já falei do Dropbox, do SpiderOak, e agora venho com mais um sistema: o Minus.com.

O funcionamento do Minus.com é bem mais simples que o do Dropbox e SpiderOak, porque só utiliza interface web, ou seja, não tem que instalar programa nenhum.

Você entra no site e arrasta um arquivo para a tela. Simples assim. Você nem precisa de conta!

Se você criar uma conta, seus arquivos não serão apagados nunca. Caso você prefira não criar, os arquivos enviados ficarão no ar por 30 dias. Depois de enviar o arquivo, você pode escolher se o arquivo será public (todos podem ver) ou private (só você pode ver).

A conta começa com 10GB, mas pode chegar até a 50GB se você indicar outros usuários! Para poder indicar outras pessoas, logue-se no sistema e acesse o seguinte endereço: http://minus.com/pages/invite. Lá vai ter o endereço para indicação.

Crie sua conta aqui.


Até 50GB de armazenamento na nuvem grátis com o SpiderOak.com

Há algum tempo atrás fiz um artigo falando sobre o Dropbox e suas vantagens. Se você não conhece, leia o artigo.

Mas de qualquer forma, vou adiantar a ideia central: é um software que sincroniza seus arquivos entre vários dispositivos (iPhone, Notebook, Desktop etc.). O que isso quer dizer?

Sincronização de arquivos na nuvem

Sincronização de arquivos na nuvem

Quer dizer que assim que você instala o Dropbox em seus dispositivos – e desde que eles estejam conectados à internet – o programa cria uma pasta em cada um deles, e a partir daí, tudo que você colocar nessa pasta estará sincronizado.

Exemplo

Você tem um iPhone – ou smartphone com Android – e um Notebook (pode ser Linux, Windows ou Mac). Você instala o Dropbox em cada um dos aparelhos.

Se você jogar um arquivo na pasta do Dropbox do seu notebook, o software vai enviar esse arquivo para servidores na internet, e depois seu iPhone vai baixar esse mesmo arquivo. Automaticamente.

Na prática isso quer dizer que seus arquivos importantes estarão sempre sincronizados entre seus dispositivos. Legal né?

Mas peraí!

Você poderia comentar: Tiago, você tá viajando. Você já falou pra p* sobre o Dropbox. Mas o que isso tem a ver com o SpiderOak.com?!

É aí que a brincadeira começa…

O Dropbox tem um programa de “afiliados” assim: você começa sua conta com 2GB. Cada amigo que você indicar através de um link que você recebe, você ganha 250MB, até o limite de 10GB.

O SpiderOak.com faz a mesma coisa, mas com uma pequena diferença: ao invés de você ganhar 250MB por amigo indicado, você ganha 1GB, até o limite de 50GB.

Isso mesmo! Você pode ter uma conta gratuita no SpiderOak.com com até 50GB grátis! Esses mesmos 50GB no Dropbox custariam ao seu bolso dez dólares por mês.

Mais recursos

Uma das coisas que chama atenção no Dropbox é a simplicidade, o que também pode ser uma coisa boa. Mas quando você quer alguns recursos a mais, isso pode ser meio chato. No SpiderOak.com vocẽ tem alguns recursos a mais que são bem interessantes. Veja alguns deles:

  • Sincronizar qualquer pasta do seu computador, e não só uma, como no Dropbox
  • Configurar para que alguns tipos de arquivos como ISO, EXE etc. não sejam sincronizados
  • Configurar para que arquivos maiores que um determinado tamanho não sejam sincronizados

E aí?

Te convenci? Se convenci, clique aqui e instale o SpiderOak.com!

Para criar seu link de recomendação – que você vai dizer aos seus amigos – e assim poder ganhar o bônus de 1GB por inscrição indicada, é só ir aqui. Coloque seu login em “Username” e clique em Generate.


Como criar uma conta no Dropbox

Imagine que você acessa diariamente seu desktop, seu notebook, o computador da sua empresa e seu Smart Phone (iPhone, celular com Android ou BlackBerry) ou iPad. Organizar seus arquivos deve ser um problema, certo? Agora imagine que você está viajando e percebeu que precisa urgentemente de um arquivo que está no seu computador, em casa, mas não tem ninguém em casa. O que você faz?

Agora imagine uma terceira situação: deu problema em seu computador, e tinha um arquivo importantíssimo que estava só nele e você perdeu. Como se resolve isso?

O Dropbox é um sistema multi-plataforma (funciona em Linux, Windows, Mac, iPad e Smart Phones) e com ele você pode resolver todos esses problemas. Você pode deixar todos os seus arquivos na nuvem. Mas como funciona isso na prática?

Pra que o Dropbox funcione, você tem que instalar ele em cada computador ou Smart Phone que deseja ter os arquivos sincronizados. A partir do momento que você instala, uma pasta é criada com o nome de Dropbox. No Windows ela ficará na pasta Meus Documentos. No Linux, na sua pasta home.

A partir dalí, tudo que você jogar nessa pasta será mandado automaticamente para o servidor do Dropbox, e assim que esse arquivo tiver sido enviado, todos os outros dispositivos onde você instalou o Dropbox começarão a baixar esse arquivo. Tudo automaticamente. Legal né?

Dessa forma você tem seus arquivos importantes sempre compartilhados entre todos os seus dispositivos!

O serviço disponibiliza gratuitamente 2GB para você armzenar seus arquivos, mas se você precisar de mais espaço, existem contas pagas de 50GB e 100GB. Mas tem um presentinho do Dropbox pra você!

Quando você se inscreve, você recebe um link que pode enviar para seus amigos. Cada vez que alguem se inscreve e começa a usar o Dropbox através desse link, você ganha 250MB. Sua conta pode ficar com até 10GB! Se inscrevendo por esse link, você já ganha 250MB.

Informação adicionada em 06/06/2011: Depois de utilizar o Dropbox por alguns anos, hoje estou utilizando o SpiderOak.com. Clique aqui e saiba o motivo. Se mesmo assim você quer usar o Dropbox, siga os passos abaixo para criar sua conta.

Abaixo vou mostrar telas de como se inscrever no Dropbox. Se você não tem dificuldades com inglês, o site é bastante intuitivo. Basta clicar aqui.

 

Se você se interessou pela receita de bolo de caneca que eu esqueci de tirar da minha barra de favoritos antes de tirar os prints da tela, ela tá aqui: http://comidinhasdamiss.blogspot.com/2008/01/bolo-da-caneca-3-minutos.html :P


  • Versão Mobile



    Versão Mobile
  • Projetos Paralelos

    • JLoja
      Sistema (livre) de controle de estoque
  • Estatísticas

    Page Views (desde março de 2010):

    Estatísticas detalhadas
  • Novidades por e-mail!

    Digite seu e-mail:


    Fique tranquilo. Seu e-mail não será usado para outros fins, e você poderá se descadastrar quando quizer.

    Eu!

    Tiago Passos
    Todo o conteúdo desse site esta licenciado sob a licença Creative Commons 3.0 (CC BY 3.0). Você pode copiar e modificar o conteúdo desde que cite o autor.
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress